segunda-feira, 7 de maio de 2012

BMW Rider Training - On Road / em Paulinia-SP

São Paulo, 6 de maio de 2012.

Hoje realizamos mais uma etapa do Projeto Atacama. Às 7am já estava com minha Cavala na porta do prédio do Richa para seguirmos juntos pela marginal Pinheiros e Rod Anhanguera rumo a Paulinia - cidade colada a Campinas que fica a cerca de 110KM de SP - local do curso de pilotagem on road da BMW.

No caminho da ida, experimentamos o frio com seus 16graus e vento contra forçando nossa jaqueta, luvas e calça jeans. Senti falta da 2a pele... acho que com ela o conforto teria sido maior. Tive a chance de testar também o aquecedor de manopla - interessante, ajuda, mas não resolve o frio. Me parece mais um "mimo" da BMW para com seus clientes.

Chegamos no nosso destino às 9am pontualmente para um café da manhã com os demais participantes. O curso On Road se da na pista de provas da Pirelli, um "meio-autodromo" com retas para teste de frenagem, vários cones para praticar malabarismos, pista em círculo para treinar curvas, terreno com grama para testar aderência e por ai vai.

A parte da manhã foi tomada por aula teórica a qual eu resumo em 3 capítulos:

1 - Tipos de moto, seus itens de série e suas regulagens;

2 - Pilotagem defensiva (curvas, pilotagem na chuva, posicionamentos, situações de emergência, frenagem, campo de visão, dicas em geral, etc.. );

3 - e, por fim, dicas de acessórios e itens indispensáveis.

Já na parte da tarde, foram quase 5 horas seguidas de aula prática na pista. Éramos em 6 no total. E cada um escolheu entre uma das motos cedidas pela BMW (tinha r1200GS, f800GS e g650GS). Eu fui de 800 para conhecer, e depois pulei para 1200 para melhor aprender lidar com minha Cavala. Dado tamanho do grupo, a aula transcorreu leve, dinâmica, amistosa e com um grau de proximidade e intimidade como em uma aula individual. Muito prazeroso!

Aprendi muito! Me diverti bastante.... E "abusei" um pouco também!!

Experimentei acelerações, curvas e frenagens que levaria anos para me aventurar e aprender no dia a dia nas estradas. A pista livre, as dicas do instrutor e a ambulância logo ali ao lado na espreita.. são fatos que te passam muita segurança resultando em coragem que te permite experimentar indo além dos seus limites.

Gostei muito de treinar curvas e praticar os diferentes estilos (1o mais em pé estilo touring, 2o deitado por dentro da curva estilo speedy, e 3o com corpo por fora da curva "jogando" a moto estilo motocross) - me adaptei bem a todos eles, com boa velocidade e inclinação. Experimentei também pela primeira vez a sensação de raspar a bota no chão em uma curva com a moto bem inclinada.. Muito bacana.

Gostei muito também do treino de frenagem. Nele você vem chutado na reta e tasca a mão no freio e testa o comportamento da moto... Tentando pará-la no menor espaço possível (sem ir pra lona, obviamente). É absurda a diferença de distância e segurança na frenagem com Abs e com ele desligado. Depois deste teste eu afirmo: ABS E TÃO INDISPENSÁVEL QUANTO O CAPACETE! Ambos salvam vidas. Não é atoa que na Europa este item já se tornou obrigatório por lei, o que deve ocorrer em breve no Brasil. Logo, se você acha que estou exagerando e que ABS não passa de um luxo... faça um test drive, e depois nos conte suas impressões.

Terminei o dia bem realizado e corajoso, eu diria. E é nessa hora que vem o tombo, não é isso que dizem por aí ?! E o pior é que o tombo veio mesmo. Caí de mané, parado no estacionamento saindo com a Cavala, depois de encerrado o curso. Ainda bem que quase ninguém viu (rsss). Vou te contar como foi...

Estava meio distraído, ainda no astral positivo do final do curso porém com movimentos apressados para voltar para SP. Montei, liguei a Cavala.... na hora estranhei a embreagem mais alta (dado que rodei o dia todo com outra moto), recolhi o descanso, inclinei a moto para sair.. a roda da frente tava meio presa na terra, me movimentei para esquerda... inclinei, acelerei devagar.. mas deixei a bicha morrer... Fui desequilibrannnnnnnndo.... Ehhhhhhhh ... LONA! Mané! Caí rolando pra trás igual um quiabo quando caí da pia.. Coisa de vídeo cacetada do Faustão.

Conosco não aconteceu nada. Mas meu doeu o coração (e o ego) ver a Cavala de lado no chão. Por impulso de quem faz cagada, me levantei rápido para colocá-la de pé - como se isso fosse apagar a burrada que tinha acabado de fazer. Baita falta de atenção!! Ainda bem que algumas semanas atrás havia instalado o protetor de cilindro. Foi ele quem garantiu que meu domingo não se encerrasse caro e triste.

No caminho de volta pra casa, o tombo besta não me saiu da cabeça. Fui revivendo a cena e conversando com meus botões na tentativa de me convencer de que não era "nada demais.. afinal outros amigos também tinham caído ao longo do curso (não é mesmo, Richa? rsss)".

A conclusão que cheguei foi de que "cair faz parte do projeto. Se não estou preparado para isso, é melhor não andar de moto. Cair te ensina a não ser Mané, te ensina a andar mais concentrado, com mais atenção e respeito", pensei. Ainda bem que o prejuízo foi somente moral. Lição aprendida. Bola pra Frente.

Cheguei em casa as 8pm, bem cansado, mas realizado. O dia foi fantástico ! As dores musculares me fizeram recordar também do quanto será importante o "projeto saúde" e minha preparação física (vide os posts ao lado, na categoria SAÚDE).

O curso dói também um pouco no bolso (R$1430), mas eu te asseguro: vale cada centavo. Recomendo 100% !! Inclusive se você estiver na dúvida de qual moto comprar... te recomendo a fazer este curso antes da tomada de decisão, pois servirá como um belo "test drive de luxo". Caso contrário, você corre o risco de ficar abalado igual meu parceiro Richa.

O cara comprou uma F650GS recentemente... lembra?! - comentei sobre isso alguns posts atrás. Só que ele passou o dia rodando em uma 1200gs! Você precisava ver a cara dele no fim do dia quando foi montar novamente na sua 650. O cara ficou abalado !!! :)))

E aí... com que moto será que ele vai para o Atacama??? Façam suas apostas...

Tome nota dos contatos do curso. E liga lá que você não vai se arrepender.


BMW RIDER TRAINING
bmwridertraining@agenciagriffe.com.br
Contato: Camila / (11) 4191-1341

PS: Esta agencia é quem organiza o evento.


VEJA O FILME ==> http://youtu.be/UvaCOZNIKPY



Campo de provas da Pirelli - local do BMW Rider Training On Road


Café da Manhã - enturmando com demais alunos


Curso começa em sala de aula com parte teórica e uma série de dicas de pilotagem


Na parte da tarde, iniciamos a prática na pista, escolhendo entre uma
das motos cedidas pela BMW - R1200gs, F800gs e G650gs


O Richa foi de 1200 - e ficou apaixonado por ela


o primeiro treino foi aprender a levantar a moto.
Afinal de contas.. derrubá-la acho que por bem ou por mal já aprendemos..


Nesta reta treinamos frenagem e também manobras por entre os cones

Já a brincadeira aqui é aprender a equilibrar a moto em baixa velocidade -
onde é fundamental saber dosar a aceleração, embreagem e freio traseiro.

Pausa para tomar uma água e entender o próximo exercício

Circuito redondo preparado para treinamento de curvas.
Nosso instrutor esta explicando os 3 tipos de movimentos que faremos


Todas elas enfileiradas esperando sua vez de entrar na pista



Video: Frenagem sem ABS

video


Video: Frenagem com ABS

video



Vídeo: Treinando Curvas

video

9 comentários:

  1. Algumas Considerações:

    1- Me senti como uma criança no playground. Verdade que aprendi muito, mas antes de tudo me divertido muito. Recomendo!

    2- GS 1200: Sempre me senti intimidado pelo seu tamanho. Depois de um dia inteiro de test drive no limite (o meu é claro) é difícil não imaginá-la como a moto ideal. Potente e dócil ao mesmo tempo. E como deita na curva…impressionante! Se vou trocar?

    Quando voltei para a F 650 me senti sentado em uma bicicleta. Com um motor de 800cc que fala muito alto é claro. Sem dúvida não se compara em conforto à 1200GS mas fico imaginando como teria sido ela, leve e ágil, naquelas curvas. Se vou trocar?

    Ainda não sei. Meu lado racional diz que não, mas confesso que fiquei abalado… Acho que vou ao Atacama de F650 e vou deixar a 1200 para Ushuaia!

    3- Cai de otário com a 1200 quase parada... lamentável (ainda bem que não foi com a minha, né Dico?). Tenho certeza que se Dico não tivesse caído no estacionamento esse meu feito teria ganho maior destaque!!!
    Tentei contribuir para o blog com a foto do Dico no chão, mas ele não deixou. Tá com dor nas costas de tão rápido que levantou a moto para eu não tirar a foto!

    4- Brincadeiras a parte, Parabéns Dico! Tá andando forte! Mas deixa Beth saber que vc anda raspando bota na curva e moto inteira no estacionamento!!!!

    Abs,
    Richa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ae rapaz! Foi show passarmos por mais esta etapa juntos!
      ... e vc tem razão... tua sorte foi que eu fui pro chão tambem, senão você e seu rolamento de tartaruga ninja seriam O ASSUNTO deste post ! rsss

      gde abraco, e bora pro offroad!

      Excluir
  2. Esse blog tá me deixando muito tenso! Hehehe.
    Caros Richa e Dico, apesar da minha convicção de morar no melhor lugar do mundo, confesso que vcs em Sampa tem grandes atrativos tb, ppmente pelos passeios e possibilidades com as motocas.
    Pena que o timetable de vcs para a viagem seja tão próximo... Em novembro para mim impossible, em janeiro quem sabe... Fica a vontade mesmo, pego a "de fora" com vcs e vou na próxima!
    Quero saber quem vai trazer a BMW primeiro ao RJ pro amigo dar um rolé...
    Abçs
    Beto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala ae professor! em julho eu levo minha cavala pra nikiti pra dar poeira na sua magrela, ok?! rsss
      E sobre a viagem... tu deixa de ser picareta com este lero-lero sobre a data... se eu convencer o Richa para postergar a saída de novembro para primeira semana de janeiro tu vai continuar com este papo-furado?

      gde abraco!

      Excluir
  3. Fala Família, to gostando de ver todo o investimento que esta sendo feito para o projeto Atacama. Fico me imaginando participando disto tudo com vcs mas infelizmente, por enquanto, fica só no pensamento!! :(
    Essa vida de pai de segunda viagem é dureza, principalmente quando vc mora longe da família!!!

    Quanto a data da viagem, to de acordo com o Beto, pra mim fica impossível tb. Novembro é mês de fechamento de quartil na Oracle!!! Se fosse em Dez ou Janeiro quem sabe??!!

    Beto, pelo visto vamos ter que agendar a nossa. Vamos com tudo!!????

    Richa, como já dizia o filosofo: "o que é um peido pra quem esta todo cagado??" Deixa de ser mané e compra logo uma moto de gente grande pra viajar!!!!!! Afinal, não é todo dia que temos um alvará das nossas mulheres para fazer uma viagem desta, não é mesmo???

    Bjs a todos,
    Bauca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perai Teteu!!! Tu vaga esta reservada na nossa tribo!! negocia ae o seu alvara, compra tua magrela e bora pra estrada com a gente!

      gde bj!

      Excluir
  4. Teteu,

    pra brincar primeiro tem que descer para o play...

    ResponderExcluir
  5. Caro amigo.... informações fantásticas.... uma retificação, o email da agência está errado, faltando uma letra... o correto seria: bmwridertraining@agenciagriffe.com.br

    Abraços!

    Fabio H.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Fabio!! Já corrigi o email da agência!!

      Se inscreve no curso que vc vai curtir muito! Estarei fazendo o off road agora em julho, se animar.. da um toque. Gde Abraço

      Excluir